uma aventura no mundo interior

uma aventura no mundo interior

Joseph Haydn

Os quatro personagens deste poema-estória são figuras simbólicas que representam _ a Bailarina: o Eros, a Emoção;
o Pescador-Barqueiro: o Logos, a Inteligência; o Gato negro: a Intuição; e o Anjo: a Inspiração.

Companheiros de longas jornadas, cada qual trará do seu mundo uma resposta a seu eterno questionador: -"tem alguém aí"?



06/11/2014






Um veleiro é uma autarquia
Pequeno mundo
sem pressa

Nas estrelas-guia s
egue
ao passado, 

o Barqueiro-pescador cansado das palavras,
confia em seus olhos. 


Mas, a Bailarina não.
De seu precipício
de falas
vêm-lhe à boca a alma,
luz da lua clareando um mar
sentido.

Na noite antiga,

antes de retornar ao vento dos sonhos,
detrás do véu o Gato
espreita

um Anjo insone na clareira das velas.

Nem mesmo o nada está paralisado
Gesta o seu devir,
protege,
espera.

Oceano estendido,
fantasia.



 

Nenhum comentário: